Postado em 29 de Novembro de 2019 às 14h56

A importância da finalização do arquivo

Uma impressão de qualidade é essencial para o resultado de uma peça, certo! Mas, de nada adianta você ter acesso às melhores gráficas do mercado se o arquivo não for finalizado de maneira correta. Fechar um arquivo para a impressão exige alguns cuidados e atenção especial para evitar erros e garantir o efeito que você planejou.
Portanto, fique atento a essa etapa e preze por todo o cuidado possível na finalização e envio da arte. Ao enviar um arquivo de maneira correta, você otimiza o trabalho da impressão, evita desperdícios, retrabalhos e desgastes de relacionamentos. Ficou interessado? Confira o nosso Blog Post e saiba mais sobre a importância de finalizar adequadamente o arquivo antes de mandá-lo para a impressão.

Arquivo fechado
Os arquivos fechados contam com informações fixas de fontes e imagens do material e não permitem a inserção de novas informações, o que possibilita manter a formatação com a configuração adequada para a impressão. Fique de olho na configuração do material, layout da página e outros fatores na hora de fechar o arquivo, pois qualquer erro por menor que seja pode gerar dificuldades, como por exemplo, o surgimento de cores diferentes ou outros problemas que atrapalham o sucesso do material.

Sobre os formatos
Como já mencionamos, o primeiro passo para garantir o sucesso de uma impressão é finalizar o material gráfico, salvar e fechar o arquivo para enviá-lo à gráfica. Uma boa alternativa é salvar o arquivo na extensão PDFX-1A, pois essa configuração garante a qualidade do material compactado e possibilita abrí-lo em qualquer dispositivo sem que sofra qualquer alteração.

O formato TIF também é adequado para imprimir imagens com qualidade e nitidez superior, já que também permite compactar os arquivos sem perder as configurações do trabalho, além de possibilitar que a imagem seja carregada sem perigo de perder a qualidade.

Após ter o formato definido, não esqueça outros passos importantes como, por exemplo, escolher o modelo de cores adequado para a impressão, verificar o tamanho da arte em relação ao papel e analisar a qualidade das imagens usadas.

Outro passo importante que deve ser levado em conta é a definição do formato em que o arquivo será aberto para visualização online.

Faça um check list

É fato que a estrutura correta de uma peça publicitária possibilita que ela seja lida por diversos softwares de impressão. Portanto, antes de enviar o arquivo para a gráfica, lembre-se que é fundamental seguir os passos de um check list, visando verificar se ele foi fechado adequadamente e se tudo está em ordem. Esse procedimento ajuda você evitar desconfigurações ou outros erros que possam atrapalhar a finalização do material.

Gostou? Agora, é só garantir o fechamento do arquivo adequado que, nós da Gráfica Arcus, asseguramos a melhor impressão para o seu material. Um trabalho em sintonia é essencial para o sucesso de todas as etapas de um material.

Veja também

Eleições 2016 | Vote no Impresso - Dicas preciosas para uma campanha eleitoral de sucesso03/08/16 A Arcus Indústria Gráfica em parceria com a Abrigraf Nacional e Abigraf Santa Catarina, disponibiliza a Cartilha "Vote no Impresso", uma cartilha repleta de dicas para que os candidatos fiquem por de dentro de tudo que é possível fazer durante o período de campanha.  Acreditamos que a mídia impressa é um dos grandes diferenciais nas campanhas e por......
Mitos e verdades sobre comunicação impressa13/12/19 Sejam materiais publicitários ou jornalísticos, o fato é que a comunicação impressa continua cumprindo seu papel com muita eficiência na sociedade. É fato que o crescimento da comunicação digital......
Conheça as características de 5 tipos de papel para impressão16/01 Sua campanha está toda pronta e inclui materiais gráficos? Está em dúvidas sobre a escolha do papel? Isso é natural, afinal, o mercado gráfico oferece uma variedade de tipos de papel e a escolha influencia, tanto no......

Voltar para BLOG